História

Fundado em 1º de setembro de 1954, pelo professor Nelson Castro, inicialmente chamado de “Grupo Dramático Roberto Vidigal” era formado por alunos do SENAC. No mesmo ano, o nome da companhia mudou para GTR – Grupo Teatral Riopretense. No ano de 1997, após a morte de Nelson Castro, quem assumiu a direção do grupo foi Manoel Neves Filho.

Ao longo da trajetória, foram apresentadas 57 peças teatrais, tendo passado pela companhia mais de mil atores. Dentre eles, muitos se destacaram nos cenários político e cultural, tais como Ewerton de Castro, Roberto Toledo, César Muanis, Amaury Jr., Antônio Carlos Botas (in memoriam), Eribelto Manoel Reino (in memoriam), entre outros.

O GTR é considerado o grupo mais antigo do Brasil em atividade ininterrupta. Desde a data de sua fundação, a companhia trabalha sem períodos de recesso.